sábado, 14 de janeiro de 2017

Audácia-Ação


De Fausto
 
 
Passe esse dia matando o tempo
 
 
Passe esse dia matando o tempo-será a mesma história
Amanhã - e  adiará mais a seguinte;
Cada indecisão traz seus próprios atrasos,
E dias são perdidos em lamentações pelos dias perdidos.
Você está falando sério? Aproveite este minuto-
A audácia envolve gênio, poder e magia.
Dê o primeiro passo, e a mente se animará-
Comece, e o trabalho estará concluído!
 
Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832)
 
In: DEYER, Wayne W. Muitos mestres: sabedoria de diferentes épocas para a vida diária. Rio de Janeiro: Record: Nova Era, 2003. p. 128.
 
 
 
 Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832)
Pintura de Johann Heinrich Wilhelm Tischbein (1751-1829).

 
 
 
 


sábado, 7 de janeiro de 2017

Aonde você quer ir?


"Se você tem uma visão, uma meta e um propósito que o motivam, sua energia fluirá para lá. Isso é bom. Energia em movimento, ou seja, "e-moção". Isso é a vida por onde a energia flui.
Somos movidos pelos desejos. Alguns estão alinhados com as metas que queremos alcançar. Outros são desejos que nos distraem, nos desviam e nos fazem cair em armadilhas. Por isso, o desafio está em não deixar-se levar pelos desejos supérfluos que brotam de uma insatisfação contínua, de um vazio interior e da ansiedade. São desejos que podem leva-lo, por exemplo, a compras compulsivas ou a comer desequilibradamente. Desejos que o enredam na luta por ter e o afastam do que você é. Você se irrita e perde a serenidade. Você se ira e diminui o seu amor. Ao não conseguir o que você  esperava, reclama. As críticas o mantém atado àquilo, àquele ou àquela a quem as dirige. Você se deixa levar pela raiva ou pelo desejo de vingança e se afasta do essencial, da direção que o liberta. Tudo isso o prende ao sofrimento.
Pergunte-se qual  é o seu desejo essencial e concentre-se em alcançá-lo. Mantenha-se no caminho conectado ao essencial para você. Com toda certeza, o que lhe interessa, motiva e causa autêntico bem-estar é o que o faz crescer. No cerne de toda experiência interessante e satisfatória está o crescimento e o enriquecimento.
Temos três impulsos básicos que nos levam ao destino ao qual a alma anseia chegar. Um impulso nasce da necessidade de conhecer e de enriquecer o saber para compreender os "por quê?" e os "para quê?" de nossa vida.
Outro impulso nasce de querer alcançar a plenitude e completar o ser.  Desejamos ser completos. Acreditamos que encontraremos o que nos completará em algum lugar lá fora.[...].
Um terceiro impulso é o que nos leva a agir. Conhecemos, queremos e intuímos algo e passamos à ação para expressá-lo, cumpri-lo e/ou obtê-lo.
Os três impulsos básicos se resumem no poder de conhecer, o poder de desejar e o poder de agir.
Você fortalece o poder de conhecer estudando-o, observando, refletindo e dialogando. Prestando atenção, em silêncio, você amplia a sua visão e conhecimento. Para tornar-se sábio, afirma Francesc Torralba, é necessário aprender a questionar com bom-senso, a escutar com atenção, a responder serenamente e a calar quando não se tem nada a dizer.
Somos movidos pelo poder de desejar. Devemos ficar atentos aos desejos que surgem da ganância, que é insaciável e provoca injustiças, desequilíbrio, ansiedade e violência. Conectemo-nos com nossos desejos essenciais, com aqueles pelos quais vale a pena viver.
Seu poder de agir surge da motivação de expressar-se, de compartilhar e de construir no mundo. Suas ações têm impacto construtivo quando você vive seus valores e age pensando também no próximo".
 
SUBIRANA, Miriam. Serenidade mental: decida com lucidez. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015. p. 71-73.
 
 Ilustração de Jessie Willcox Smith (1863-1935)