segunda-feira, 1 de maio de 2017

A Crítica


"Sempre que fores criticado, faz uma autoanálise. Examina profundamente tuas atividades. Através dos olhos intransigentes de quem te censura, faz uma sondagem pessoal e uma autocrítica. Se encontrares alguma falha, corrige-a em silêncio e segue adiante. Se não achares em ti o defeito de que és acusado, sorri interiormente e continua teu caminho com estoica dignidade. Se os perseguidores continuarem a incomodar-te, exigindo uma reação, responde com amor, não com inimizade.
Se estiveres em posição de esclarecer outras pessoas, responde ou luta pela verdade com amor no coração, não pela honra pessoal ou por temer má fama, mas para apoiares a glória e a pureza da verdade. Que tuas palavras e atos não sejam apenas para obter uma vitória, humilhar o próximo ou alimentar a vaidade pessoal, e sim por causa da verdade. O amor pela verdade, no entanto, precisa ser sempre temperado com o amor que se orienta a evitar ferir os outros. Difamar o próximo em nome da verdade ou para obter benefícios pessoais é sinal de egotismo e fraqueza interior, um desejo de querer ser mais alto cortando a cabeça dos outros. [...].
Ocupa-te em ser bom. Teu exemplo falará um milhão de vezes mais alto do que as palavras. Combate as críticas vivendo com humildade os princípios da verdade. Reforma-te: observando o teu exemplo, os outros serão inspirados a se reformar. É disto que precisamos no mundo: os que criticam a si mesmos e não aos outros. Vence o vício com o exemplo virtuoso, o erro com a verdade, o ódio com o amor, a ignorância com a sabedoria, o medo com a coragem, a estreiteza mental com o entendimento, o fanatismo com a liberalidade. Que estas virtudes comecem contigo mesmo. Mantém-te ocupado na limpeza de tua casa mental, e quem sabe os outros se encorajem a fazer o mesmo".

YOGANANDA, Paramahansa. O romance com Deus: como perceber Deus na vida diária. Loa Angeles: Self-Realization Fellowship, 2013. v. 2, p. 256-259.



Begonia A Fleurs D´Oubles.
 L´Illustration Horticole. Gand, 1893.

Nenhum comentário:

Postar um comentário