quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Amizade


"As histórias boas nos convidam a entrar no papel de outras pessoas, passo crucial na aquisição da perspectiva moral. Histórias sobre a amizade exigem que se adote a perspectiva de amigo, da solidariedade com o outro.
Amizade é mais que afinidade e envolve mais que afeição. As exigências da amizade - franqueza, sinceridade, aceitar com a mesma seriedade as críticas e os elogios do amigo, lealdade incondicional e auxílio a ponto do sacrifício - são estímulos poderosos para o amadurecimento moral e o enobrecimento.
A amizade genuína requer tempo, esforço e trabalho para ser mantida. A amizade e algo profundo. De fato, é uma forma de amor".
 
 
 


 
 
O Urso e os Viajantes
 
 
Esopo
 
 
 
Dois viajantes encontraram um urso na estrada.
O primeiro subiu numa árvore e se escondeu.
O outro, apavorado, resolveu se jogar no chão e se fingir de morto. O animal chegou perto, cheirou as orelhas dele e foi embora. (Dizem que um urso não mexe com quem está morto). O que estava na árvore desceu e perguntou ao companheiro o que é que o urso tinha cochichado.
- Ele me disse para não viajar mais com quem abandona os amigos na hora do perigo.
 
 
É na dificuldade que se prova a amizade.
 
 
 
(LRM)
 

 

 
O LIVRO das virtudes: uma antologia de William J. Bennett. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995. p. 179, 184.
 
 

 
 
 
 
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário