terça-feira, 13 de setembro de 2016

Rosas - Amor

Se Zeus quisesse oferecer às plantas
Uma rainha para o mundo das flores,
A rosa seria a escolhida
E faria erubescer a rainha de cada bosque.
Filha mais doce das manhãs orvalhadas,
Joia adornando o seio da terra,
Olho do prado, brilho dos campos,
Botão de beleza, afagada pelas alvoradas:
A alma suave do amor ela respira,
A testa da Cípria com mágica adorna;
E, às carícias turbulentas de Zéfiro,
Entrega suas verdejantes tranças
Até que, excitada com o luxuriante jogo,
Faz corar até a luz dos adivinhos.
 
Safo de Lesbos (c.600 a. C.)
A linguagem das flores,1989.
 
 
 



"A rosa é a flor do amor. Ela foi criada por Clóris, uma deusa grega das flores, a partir do corpo sem vida de uma ninfa que ela encontrou certo dia em uma clareira no bosque. Pediu ajuda de Afrodite, a deusa do amor, que deu à flor a beleza; Dionísio, o deus do vinho, ofereceu néctar para proporcionar-lhe um perfume doce e as três Graças lhe deram encanto, esplendor e alegria. Depois Zéfiro, o vento oeste, afastou as nuvens com seu sopro para que Apolo, o deus-sol, pudesse brilhar e fazer a planta florescer. E, desta forma, a rosa nasceu e foi logo coroada a Rainha das Flores".
 
A linguagem das flores. 1989.
 
 
 
Pintura de Albert Williams (1922-2010)


 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário